Coronavírus: Organização e informação no combate da pandemia

 

 

Com a chegada do novo coronavírus ao Brasil, é fundamental que as empresas estejam adequadamente preparadas para melhor enfrentar a pandemia. Através da veracidade de informações sobre medidas de prevenção, é possível proteger os colaboradores através das recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS), as mesmas prescritas para outras doenças virais.

 

O esclarecimento de dúvidas e a propagação de informações relevantes auxiliam no impedimento do avanço do novo coronavírus. Essas instruções podem ser compartilhadas dentro da própria organização e repassadas para os funcionários de maneira que se sintam seguros e tranquilos no ambiente de trabalho, sem prejudicar relações internas e o processo de produção.

O QUE É O NOVO CORONAVÍRUS?

O coronavírus é um grupo de vírus que possuem formato de coroa é bastante comum entre os animais. No caso do novo coronavírus (COVID-19), houve contaminação de animais para pessoas e, posteriormente, de pessoas para pessoas. O animal causador do atual surto que se espalhou de Wuhan, na China, para o mundo ainda é desconhecido pelas autoridades. O vírus foi descoberto no fim de 2019 e a primeira morte foi registrada em janeiro deste ano. Atualmente, o Brasil conta com quase 2.000 casos suspeitos da coronavírus e cerca de 200 confirmados pelo Ministério da Saúde.

COMO É A TRANSMISSÃO DO CORONAVÍRUS?

O contágio da doença ocorre pelo ar ou contato com secreções de uma pessoa infectada, como gotículas de tosse ou espirro. A transmissão da doença também pode se dar pelo aperto de mãos, beijos, abraços e o compartilhamento de toalhas, copos, talheres e outros objetos pessoais contaminados.

QUAIS SÃO OS SINTOMAS DO CORONAVÍRUS?

Os sintomas do coronavírus são basicamente os mesmos de uma gripe: tosse, febre acima de 37 graus, dores no corpo, mal-estar, congestionamento nasal, inflamação de garganta e diarreia. Em casos mais graves, o paciente pode apresentar insuficiência renal e dificuldade para respirar.

MEIOS DE PREVENÇÃO CONTRA O CORONAVÍRUS

Ainda não há vacinas disponíveis contra a pandemia. Portanto, a melhor maneira de evitar o contágio é a prevenção.

  • Evite contato com pessoas infectadas;
  • Lave as mãos regularmente com água e sabão por, pelo menos, 20 segundos;
  • Evite tocar constantemente nos olhos, nariz e boca;
  • Faça o uso de álcool gel 70% ao tocar superfícies em lugares públicos. Higienize, também, objetos como celulares, canetas, telefones, controles remotos, entre outros.
  • Evite aglomerações e multidões em lugares fechados. O ideal é manter distância de, no mínimo, um metro de pessoas que estejam espirrando ou tossindo. 

COMO AGIR NA PRESENÇA DE SINTOMAS?

Quem apresentar sintomas suspeitos de coronavírus ou ter realizado alguma viagem para áreas de risco, deve procurar um médico e certificar que não há contaminação. Quanto mais precoce o diagnóstico, maior a possibilidade de cura.

QUAL O MELHOR TRATAMENTO PARA O CORONAVÍRUS?

Ainda não há um tratamento específico para a doença. É preciso buscar auxílio médico ainda nos primeiros sintomas, que poderão ser aliviados através de medicamentos para dor ou febre. Manter-se hidratado e em repouso também são fundamentais.