A cada 3 horas e 40 minutos, uma pessoa morre por acidente de trabalho

Estima-se que, a cada 3 horas e 40 minutos, entre os anos de 2012 a 2018, segundo o Observatório Digital de Segurança e Saúde do Trabalho, mais  de 17 mil falecimentos aconteceram por motivos de acidentes ou doenças relacionadas com o ambiente de trabalho. Já os acidentes de trabalho foram mais frequentes e ocorreram a cada 50 segundos, sendo registrados, em média, 4,5 milhões no mesmo período. 

Os tipos de lesões mais comuns ocorridas em acidentes de trabalho foram cortes e lacerações, seguidas de fraturas, contusões, esmagamentos, torções e tensões, considerando a maior incidência nas áreas no segmento hospitalar, comércio varejista, construção de edifícios e transportadoras. No Rio Grande do Sul foram aproximadamente 270 mil ocorrências.

De acordo com a Ministério Público do Trabalho, empresas preocupam-se mais com sua produção do que com a segurança oferecida no local de trabalho. É preciso capacitar todos os setores da empresa através da construção de um ambiente organizado, limpo, saudável e seguro para que se possa prevenir futuros incidentes e garantir a integridade de cada colaborador, além de que podem ser feitas ações simples de correção e prevenção que faz toda a diferença no ambiente de trabalho

Fonte: Agência Brasil